Maratona Chinesa

Em duas semanas, foi a primeira vez que dormimos num hotel, isso deveria ser ótimo, não é mesmo? Com o primeiro vôo cancelado, este foi o desdobramento do nosso vôo de Seul para Beijing. Aparentemente a razão de não conseguirmos chegar na China era a péssima qualidade do ar em Beijing 😣😥 Mas pensávamos que isso não seria um problema pra nós, já que havíamos nos prevenimos no Japão, garantindo as nossas próprias máscaras cirúrgicas 😷

 1:30 da manhã, exaustos em nosso ônibus psicodélico seguindo para o hotel

1:30 da manhã, exaustos em nosso ônibus psicodélico seguindo para o hotel

Éramos um dos poucos gringos no vôo novamente. Não sei se é baixa estação, ou o quê, só sei que a gente sempre acha que vai rolar tratamento vip pra gente neste caso, mas nem sempre é assim.   

Todo mundo acha que quando um vôo é cancelado o hotel vai ser fantástico, a comida boa e de graça, e a companhia aérea vai estar "cuidando de você" para melhor atendê-lo, mas nem sempre é assim. Depende muito da companhia. A verdade é que sempre quando um vôo é cancelado a gente nunca tem tempo de dormir o suficiente e comer direito. É um tal de ficar na espera para juntar todo mundo, pegar fila, passar por imigração de novo, esperar mala em esteira, carregar as tralhas para cima e para baixo, mais fila, mostrar passaportes pela "enézima vez"... Quando chega no hotel, o banho é rápido, e já está todo mundo moído... Assim que a gente bota o relógio pra despertar e deita a cabeça, te sobram 2 horas e 2 minutos com os olhos fechados até começar tudo isso outra vez 😣 

 Segundo dia de aeroporto. Descobrimos um espacinho bom pra esperar as coisas acontecerem...

Segundo dia de aeroporto. Descobrimos um espacinho bom pra esperar as coisas acontecerem...

O choque cultural já estava acontecendo. Não sei se o cansaço e o perrengue já estavam tomando conta de nós dois, mas o único pensamento era de que a viagem para a China ia ser estressante. O Mú neste ponto estava mais irritado do que eu. O que acaba acontecendo é que qualquer coisa acaba te irritando. Alguns códigos sociais, quando desconhecidos acabam causando desconforto mesmo. Por exemplo o shuttle dentro do aeroporto. Entra todo mundo dentro no shuttle, estamos todos indo para o mesmo lugar...  A hora que ele pára, todos querem sair ao mesmo tempo, e os que estão atrás começam a empurrar... Aí os baixinhos começam a querer passar por baixo. É uma muvuca generalizada. Lembro bem de um episódio de viagem quando estava tirando uma foto dentro de um Palácio a alguns anos atrás. Tinha uma excursão de Chineses atrás da gente e acabamos nos trombando algumas vezes... Até aí tudo bem. Estava mesmo cheio... Em algum ponto, chegou uma Chinesa, se infiltrou num espaço que eu nem sabia que existia e apoiou o cotovelo no meu ombro para tirar uma foto. Ela não só atrapalhou a minha foto, como invadiu completamente o meu espaço, me empurrando. Eu fiquei sem reação por alguns segundos até dar um esporro nela e sair brava dali. No fim do dia, ela conseguiu o que ela queria... Espaço de um corpo a menos disputando a janelinha...

 Atendentes da Chinese Southern tentando dar jeito na bagunça

Atendentes da Chinese Southern tentando dar jeito na bagunça

Aí na segunda tentativa de decolagem do nosso vôo, a galera, que era na maioria Chinesa, estavam lotados de sacola (mais do que podiam carregar). Até aí sem problemas... Até que para ajeitar a tralha toda os que sentaram atrás da gente começaram a pressionar o malão contra as nossas costas... 😂 

Para completar com o cansaço das 2 horas e 2 minutos de sono, o vôo que era programado para as 6 da manhã foi adiado novamente. Mas chegamos a entrar no avião novamente, fazer check-in, tralha, passaporte, raio-x, ... só pra sair de avião novamente e volta para o saguão...

Foi alí que ficamos sabendo que só teríamos mais notícias às 2 da tarde. Aí vem horas de limbo, sem saber o que ia acontecer porque a previsão era de "smog" pelos próximos 2 dias. Fomos avisados então que o nosso vôo havia sido transferido para às 7 da noite, e quando finalmente sentamos para a terceira tentativa de decolagem, tomamos mais um chá de cadeira de quase 2h dentro do avião - na tensão de não voar novamente - até ele finalmente decolar! A qualidade do ar em Beijing continuava horrível. Para se ter uma idéia, quando chegamos não tínhamos sequer 10 metros de visibilidade na rua! Isso tudo foi se somando e adicionando pressão em como nos sentíamos sobre a cultura Chinesa, o cansaço, a falta de confiança na companhia aérea (também Chinesa), a desconexão com a língua indo para um país completamente alien pra nós, do qual só tínhamos tido pouco contato, com experiências não tão bem sucedidas...

 Disputa das tomadas durante as infinitas horas de espera no aeroporto...

Disputa das tomadas durante as infinitas horas de espera no aeroporto...

 Renminbi, a moeda chinesa

Renminbi, a moeda chinesa

Chegamos em Beijing moídos. Fizemos amizade com um casal americano muito gente fina, praticantes de medicina chinesa e que todo ano vem pra cá. O cara até fala chinês, imagine!? Fomos na cola deles no metrô, enquanto eles nos davam várias dicas ótimas sobre como se virar na China e nos ensinavam o básico do chinês (obrigada, com licença...). Nos separamos quando tivemos que descer na última estação de metrô aberta, e já era 1 da manhã novamente. Ainda estávamos um bocado longe do hostel e só tínhamos a opção de pegar um táxi. Saímos nessa rua ultra movimentada, em meio a uma fumaceira que fazia nossas gargantas arderem, sem entender nada e sequer conseguir parar um carro… Depois de quase 30 minutos ali sem sucesso, caminhamos uns 2 blocos para frente quando um carro finalmente parou. Mostramos o endereço pro taxista, que não sabia onde era a rua - porque o endereço não estava escrito em chinês -, tivemos então, que ligar no hostel pros caras explicarem o caminho para o motorista, e assim foi… Depois de mais de 30h finalmente chegamos no nosso teto em Beijing… E começou tudo outra vez... Decifrar uma nova cultura, de um novo país que tínhamos um pouco de resguardo pelos episódios do passado, país este onde não somos nem capazes de ligar o aquecedor do quarto sozinhos, porque claramente não falamos a língua e o controle está todo em chinês! 😂😂

 Na roubada, tentando chegar no hostel

Na roubada, tentando chegar no hostel