Tudo o que você precisa saber pra usar a Internet na China

Na China você encontra Internet na maior parte dos lugares, mas existem algumas diferenças fundamentais do que você encontra no Brasil. O acesso a redes de mídia social é normalmente limitado a versões chinesas; Facebook, Gmail e muitos outros sites são bloqueados. Confira aqui o que você precisa saber pra não ficar no escuro!


Dicas e informações sobre a internet chinesa

Wi-fi Gratuito em hotéis, restaurantes e cafés

wi-fi

Wi-Fi  é oferecido de graça na maioria dos hotéis, hostels, restaurantes e cafés de cidades urbanas e turísticas, é só pedir o código na recepção ou para o atendente.

Muitas vezes a conexão não é lá essas coisas, o sinal cai e desconecta repetidamente, e o acesso é lento, a ponto de você não conseguir carregar algumas páginas. Em cidades menores a coisa pode ser um pouco pior e a não ser que você tenha habilitado 3G no seu celular, prepare-se para ficar uns dias "incomunicável".


Conexões a cabo em hotéis = mais velocidade

internet-a-cabo

Se o seu hotel oferecer acesso a cabo à Internet, aproveite! Cabos de rede costumam ser mais rápidos e as conexões mais estáveis. Normalmente já vai existir um cabo no quarto ou você pode pegar um emprestado na recepção. Compensa checar também se o custo do acesso à cabo muda, pra não acabar com uma conta surpresa no final da sua estada.


Aeroporto e estações de trem - Wi-Fi apenas para telefones com cartão chinês

sim-card

A maior parte dos aeroportos e grandes estações de trem oferecem Wi-Fi gratuito, mas apenas para telefones com chip (SIM card) chinês. As vezes, em redes onde não se exige algum tipo de validação do número do celular, telefones de outros países são aceitos, mas as telas de login costumam estar em chinês e pode ser um pouco complicado fazer acontecer.... Um menor número de sites oferece opção para ativar tradução para o inglês.

É recomendável que você confira as barganhas de planos de data oferecidas pelo seu plano de telefonia no Brasil antes de viajar, ou que você compre um chip Chinês em alguma loja assim que chegar na China. Só assim você pode garantir se conectar com a internet wifi pública da China ou pelo 3G.

Como conectar a um Wi-Fi gratuito em aeroportos e estações de trem:
Se você já tem um chip chinês, siga as instruções abaixo para usar as redes gratuitas de aeroportos e estações de trem:

  1. Habilite a rede no seu telefone/tablet/laptop
  2. Escolha a rede Wi-Fi do aeroporto/estação de trem
  3. Informe seu número chinês e espere seu telefone receber a mensagem com um código de verificação
  4. Entre com o código de verificação para logar na rede Wi-Fi

Dica: não é recomendável conectar seu telefone a redes inseguras ou desconhecidas. O risco de vírus ou de alguém estar "escutando" suas transações é real.


Outras conexões - ônibus, navios e trem bala

Seguindo o resto do mundo, a China está extendendo acesso Wi-Fi a outros locais, como cruzeiros, ônibus e até alguns trem bala. Com o tempo será cada vez mais conveniente usar a Internet por lá, mas ainda é cedo para assumir isso como regra.

internet-cafe


Internet Cafés costumam não estar disponíveis para estrangeiros

 Uma típica tela de login

Uma típica tela de login

Muitos Internet cafés não oferecem acesso sem fio, apenas computadores para os visitantes. Eles requerem que você mostre uma identidade para que o computador seja desbloqueado, mas seu passaporte e visto costumam não ser aceitos.

Quando você encontra Wi-Fi, assim como na maioria dos aeroportos, eles costumam só  aceitar telefones com chip chinês. Até na Starbucks e McDonald's passamos por isso.


Não conte com Wi-Fi para mandar/enviar e-mailS ou postar fotos

no-internet

Em termos de acesso público à Internet, os controles do governo podem fazer a experiência muito frustrante para viajantes estrangeiros. Diferente da censura direta (veja texto mais abaixo), outros serviços bloqueados aos quais muitos sites conectam para funcionar podem resultar em páginas extremamente lentas ou impossíveis de  carregar totalmente.

As regulamentações impostas aos locais que oferecem Internet podem mudar da noite pro dia, exigindo que eles alterem a forma de oferecimento da Internet, ou até o cancelamento! Por essas razões não conte com certeza absoluta em encontrar Internet em hotéis, restaurantes e outros locais.
Na China o acesso à Internet pode ser rapidamente alterado pela imposição de novas regulamentações e é improvável que isso vá mudar tão cedo.


Censura da Internet: O Grande Firewall da China

A China restringe acesso a certos tipos de sites, especialmente os que permitem algum tipo de interação entre as pessoas, como sites de mídia social e sites que oferecem fóruns de discussão. Outros sites são bloqueados pelos censores porque contém certas palavras-chaves, por exemplo. Isso tudo é feito automaticamente através de sofisticados programas de computador que filtram praticamente todo o tráfego da Internet na China.

Assim sendo, você vai ver que sites como Facebook, YouTube, Twitter, e outras mídias sociais não são disponíveis na chamada China Continental. Isso não se aplica a Macau e Hong Kong, que tem acesso normal.

Por alguns anos acesso a serviços do Google foram impedidos, mas em 2014 o acesso foi finalmente bloqueado.  Algumas funções de telefones com software Google podem simplesmente não funcionar na China!

Se você depende do Google, considere encontrar alternativas - como o Bing Maps, e provedores alternativos de e-mail como Outlook.com e Yahoo. Você pode até configurar a sua conta no Outlook.com para encaminhar os e-mails do seu Gmail para lá e assim manter seu Gmail original funcionando - mas lembre-se de fazer isso antes de entrar na China!


Como acessar Google, Facebook e companhia dentro da China

Se você depende de boa conexão enquanto viaja, é sempre bom assumir o pior cenário e evitar ser pego de surpresa. Muitos programas simples e fáceis de instalar, permitem ao seu computador "enganar" os censores chineses e acessar os sites bloqueados como se você estivesse "em outro país". 

VPNs (redes virtuais privadas)

 Funcionamento de um VPN

Funcionamento de um VPN

Uma das maneiras mais comuns é baixar um programa que permite ao seu computador/telefone/tablet conectar-se à uma VPN. Dessa maneira a sua conexão à Internet passa pelos filtros porque os engana fingindo que você está conectado a partir de um outro país fora da China. A reclamação mais comum do uso de uma VPN é que ele deixa a conexão mais lenta, então uma boa prática é só habilitar o VPN quando você for acessar sites bloqueados, e deixá-lo desligado durante o resto do tempo.

Enquanto existem serviços VPN gratuitos você costuma receber pelo que está pagando. A grande maioria dos VPNs gratuitos não funcionam mais dentro da China. Para um serviço confiável e que é constantemente atualizado para manter-se à frente do governo, você provavelmente vai ter que pagar. Existem planos mensais e anuais e alguma permitem que com um único pagamento você conecte até 3 aparelhos, por exemplo 2 computadores e 1 celular.

Aqui vão dois VPNs que você pode considerar, mas também existem diversos outros similares.

Express VPN: esse foi o que usamos e recomendo, especialmente se você vai pra China por poucos dias. O plano mensal dá direito a instalação em 3 aparelhos, e eles oferecem 30 dias para cancelar o serviço com ressarcimento integral. Fácil de instalar e usar, e um ótimo suporte técnico. 

Strong VPN: Funciona em Windows e Mac. Também de fácil uso e instalação, e também oferece suporte técnico on-line.

Nota: antes de "abrir a carteira" tenha certeza que o VPN que você está considerando funciona na China. É uma corrida de gato e rato e o governo está o tempo todo bloqueando as diversas empresas que oferecem VPN. Se você quiser garantia em dobro, compre 2 VPNs diferente e evite ser pego de surpresa. Também lembre-se de instalar e testar o VPN antes de entrar na China! Você provavelmente não vai conseguir baixar o programa de dentro do país.

Para nós a solução foi baixar o VPN nos nossos celulares e no computador ainda quando estávamos na Coréia do Sul, para assim que chegássemos na China termos a opção de utilizar do wifi do hostel e acessar os sites bloqueados (principalmente facebook e google). Como ainda assim estava muito ruim a conexão wifi do hostel, resolvemos comprar um plano de internet (que cobra um valor por uso diário) do nosso provedor da Inglaterra por dois dias para poder falar com a família, carregar mapas e responder emails.


Servidores Proxy

 Funcionamento de um servidor proxy

Funcionamento de um servidor proxy

Um servidor proxy permite redirecionar o tráfego do seu computador para um outro computador antes de estabelecer uma conexão com o servidor ou site de destino.
Como a maioria dos servidores proxy não estão na lista negra chinesa, muitos sites bloqueados são acessados através de servidores proxy.

Fique ligado que a Grande Firewall da China tem feito progresso nesse campo e em alguns casos faz filtragem de conteúdo em tempo real e irá resetar conexões. Isso não pode ser prevenido com o uso de servidores proxy porque o conteúdo ainda passa pela Internet chinesa desencriptado. A boa notícia é que existem centenas de servidores proxy que você pode usar, e eles são fáceis de configurar.

Você encontra uma lista dos servidores proxy gratuitos em Proxy4Free.com

Um breve aviso... 
Na China eu resistiria a tentação de comprar as versões baratas de telefone Android. Esses telefones vem com serviços básicos como por exemplo Google Play, mas aparentemente contém outros programas ocultos, de intenções questionáveis. Eu também evitaria e seriamente não recomendaria a comprar de aparelhos de armazenagem externa como HD externos, cartões de memória e drives USB.
 

Apps recomendados

De mapas a tradutores e dicionários online, um smartphone pode facilitar muito sua vida na China e ainda ajudar a socializar e fazer novos amigos. Os dois aplicativos que você deve com certeza instalar são o WeChat e o QQ, que permitem a você localizar pessoas nas redondezas e contatá-los. O WeChat é o principal aplicativo é caso você forneça uma conta bancária (chinesa), além de conversas, fotos e uma centena de aplicações, você pode fazer pagamentos com seu celular na maioria dos estabelecimentos.

No próximo artigo agente lista outros aplicativos interessantes que você pode, e deve instalar no seu smartphone para melhorar sua experiência na China e em outros países!