Como negociar em um país estrangeiro

Imagine a seguinte cena, você está no Marrocos, você não fala a língua, pouco conhece da cultura, e não vai ficar lá tempo suficiente para aprender nada em profundidade. Como é que você faz pra negociar com essas pessoas? Abaixo vão uma série de dicas para que você consiga sim, negociar e obter boas barganhas onde quer que esteja!


O princípio da negociação

Uma negociação é um jogo de empurra-empurra. O vendedor quer fazer a venda ao maior preço possível e você, obviamente quer pagar o menor preço. O ideal porém, é conseguir aquele complexo balanço quando ambas as partes estão satisfeitas com o preço acordado. Mas como alcançar isso?

Antes de mais nada, você precisa ter um preço em mente. O vendedor com certeza tem na cabeça um valor mínimo pelo qual aceitaria a venda, embora seja difícil chegar lá. Você precisa estar preparado, e também ter um valor máximo que está disposto a pagar. Isso requer que você tenha uma ideia do preço médio do item naquela área. Eduque-se sobre o preço médio das coisas a sua volta - um abacaxi custa 2 dólares, 1 dólar, ou 50 centavos? E um quilo de carne? Apesar das margens serem pequenas quando comparadas com nossos padrões Ocidentais, os custos somam-se e crescem rapidamente quando se está viajando por um longo tempo. Além disso, é uma questão de princípio, mais do que de valor. Porque você deveria pagar o dobro do valor real de qualquer coisa? Quando você deixar isso acontecer, você sinaliza para a outra parte que esse tipo de comportamento é correto, e apenas permite que ele persista.

Algumas maneiras de descobrir o preço "justo" das coisas incluem:

  ▪    Numbeo.com – esse site lista o preço médio de praticamente qualquer coisa que você vá precisar, em diversas cidades do mundo. Ele é constantemente atualizado por viajantes, então você consegue ter uma boa ideia de faixas de preço.

  ▪    Pergunte no seu hotel/hostel - fique atento que o preço que eles lhe derem pode ser um pouco mais alto do que o preço "de mercado". Isso é completamente normal porque eles podem estar tentando ajudar seus compatriotas, mas ainda assim você consegue ter uma idéia básica.

  ▪    Verifique com alguém do seu país que more na região – se essa pessoa estiver vivendo por ali por alguns meses, ele(a) com certeza já tem uma boa ideia de preços, então não custa perguntar.

  ▪    Não compre do primeiro lugar que você parar - investigue os preços! Agradeça e vá para o próximo vendedor que não tenha visto você falando com o primeiro. Repita. Ao final você vai conseguir uma ideia do valor médio de tudo. O próximo vendedor é sempre mais barato, ou igual ao anterior.

  ▪    Pergunte a um amigo local - essa é sua melhor opção. Se você arrumar um amigo da área, você terá acesso a todo o "saber" de forma fácil e direta. Na maioria dos países, muitos locais querem se aproximar de turistas para praticar o inglês, então enquanto você for mente aberta e aceitar os convites para uma bebida ou papo furado, isso é algo viável.
 

É importante entender que em muitas culturas a negociação é uma parte fundamental do dia à dia. Por exemplo, no Marrocos, perder um tempo para uma bebida e então negociar preços é um sinal de respeito. Na China ou no Vietnam, sem perder tempo em uma negociação você pode chegar a pagar muitas vezes mais do que preço real do produto. Todo mundo sabe disso, e todo mundo negocia até estar satisfeito.


Diferentes tipos de negociação

Mercados e compras do dia à dia

 Vivi feliz ao final da negociação. - Às vezes o desconto está em conseguir uma customização adicional na roupa que se está comprando!

Vivi feliz ao final da negociação. - Às vezes o desconto está em conseguir uma customização adicional na roupa que se está comprando!

Muitas vezes quando se está em outro país, a negociação consiste apenas em saber o valor correto de cada produto. Ande pela área e pergunte a algumas pessoas quanto custa uma dúzia de ovos, um frango assado, ou qualquer outra coisa que você esteja interessado. Já mencionei técnicas e formas de se conseguir uma idéia geral de valores da região. Normalmente os lugares mais afastados do centro tendem a ter melhores preços, assim como as lojas mais vazias tendem a ser mais flexíveis em dar descontos, especialmente quando você pretende comprando mais de um produto.
 

Itens de alto valor

Vale repetir: NUNCA compre da primeira pessoa que você encontrar. Não importa o quão bom o preço pareça, você sempre deve investigar e dar uma boa pesquisada.


Negociação de transportes

Antes de pegar um táxi ou ônibus, tente negociar o preço à frente, para evitar pagar 3x o preço, e também investigue a concorrência.

Não muito tempo atrás eu fiz o error de comprar 2 passagens de ônibus no Vietnam, sem sequer me dar ao trabalho de verificar a companhia logo ao lado, que oferecia o mesmo bilhete por US 10 a menos, o equivalente a uma diária de hotel! Não cometa o mesmo erro!
 

Negociações empresariais

Essa área foge do escopo desse texto e dá um outro post apenas sobre o assunto . Eu recomendo muito o ótimo artigo Negotiation 101: The 6 Principles

https://www.linkedin.com/pulse/20140524162906-7859692-negotiation-101-the-6-principles publicado por XX no LinkedIn. Os dois únicos breves conselhos nessa área seriam o de realmente conhecer a cultura local para evitar situações constrangedoras é saber um pouco da língua local.
 

Negociando acomodação

A não ser que você esteja viajando na área mais turística, durante a alta estação, como regra geral você está com vantagem em arrumar um bom negócio. Pense a respeito, fora da alta estação, quando tudo está vendido e lotado, os donos desses hotéis, hostels e albergues estão fazendo todo o possível para encher seus estabelecimentos.

À competição é acirrada e muitos estão dispostos a baixar o preço ou pelo menos oferecer alguns extras, como café da manhã ou jantar.

 

Como baixar o preço pedido

Uma vez decidido o quanto você está disposto a pagar pelo produto, quarto, ou o que quer que seja, vá a um local onde existem várias ofertas do mesmo, na faixa de preços que você está interessado.

Por exemplo, no caso de um quarto em um hostel, explique que você está disposto a ficar X dias (quanto mais longa a estadia, mais fácil negociar), e que você pode pagar apenas X dólares por noite. Eles vão provavelmente dizer não, ou pedir um pouco mais. Se você fala outra língua, agora é a hora de usá-la. Comece a conversar com seu companheiro(a) e ao final diga que o preço é muito alto. Normalmente isso será suficiente para o vendedor ceder a sua proposta. Caso eles se mantenham firme, agradeça e lentamente comece a seguir caminho. Quando você mostra firmeza na sua proposta, muitas vezes eles cedem ao preço pedido, vão contrário , continue na busca.

As técnicas e dicas discutidas aqui vão sempre render frutos, mas às vezes é preciso dar tempo ao tempo. Barganhar é uma arte, e exige paciência e persistência.

Abaixo vão algumas dicas gerais e abrangentes de não apenas como conseguir bons preços, mas evitar ser explorado quando em um país estrangeiro.
 

Dicas extras para salvar o bolso

Em restaurantes

- Confira o menu antes de entrar e prefira lugares com menu com preço fixo para evitar ser cobrado o dobro do que os locais normalmente pagariam pelo prato.

- Ao pedir, especialmente porções, confira com o garçom o tamanho e quantidade do que você deseja. Muitas fotos e quantidades são "meramente ilustrativas".

- Se estiver em grupo, ou for ao mesmo local várias vezes, tente barganhar descontos com bebidas ou sobremesas "na faixa". Muitos lugares não vão dar descontos em dinheiro, mas para eles pode compensar por exemplo te dar uma sobremesa de graça de forma a mantê-lo feliz e visitando o restaurante novamente no dia seguinte.
 

Mercados

- Evite negociar com um vendedor perto de outros vendedores. Lembre-se de Julio César , "dividir e conquistar"! Tira-los do meio dos "amigos" diminui a pressão para manterem algum preço pré combinado entre eles.
 

Transportes (táxis e similares)

- Uber e similares são sempre uma boa alternativa, não apenas porque são mais seguros e você sabe quem é seu motorista, como porque você consegue saber de antemão o valor da corrida, que costuma ser mais barata do que um táxi convencional.

- Não entre em um táxi sem antes combinar o preço da corrida. Se o taxista utilizar um medidor, tenha certeza que ele está funcionando corretamente acompanhando seu incremento. Não é raro ele estar "alterado" para cobrar mais do que o valor real (isso é comum no Vietnam, por exemplo). Se informe de tais práticas no país onde está.

- Em muitos lugares existe a opção de moto taxi, mais emoção e economia!

- Metros e ônibus locais estão normalmente disponíveis para chegar do aeroporto até o centro da cidade. Não confie nas pessoas oferecendo "preços camaradas" e "dicas" de como chegar ao seu destino com facilidade. As vezes andar 10 metros pra frente é a diferença entre chegar no ponto de ônibus real, ou pagar extra para um atravessador que simplesmente vai comprar as passagens pra você e cobrar o dobro do preço.
 

Por hoje é só pessoal! Se você gostou desse artigo de como negociar em um país estrangeiro, divida-o com seus amigos e também aproveite para gostar de nossa página no Facebook!

E você? Quais os truques e dicas que usa para conseguir bons preços na hora de negociar?!
 

Referências

How to Negotiate in a Foreign Country